Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Fazendo Justiça

Operação interrompida

IMAGEM DE DESTAQUE Paciente que teve cirurgia cancelada por ausência de material ganha na Justiça direito à indenização de R$ 5 mil por danos morais

Cartão roubado, prejuízo reparado

IMAGEM DE DESTAQUE Justiça condena o Banco do Brasil a indenizar casal por não ter bloqueado cartão de crédito após assalto

Mau sinal

IMAGEM DE DESTAQUE Justiça de Pernambuco condena Tim a pagar R$ 1 mi por danos morais coletivos decorrentes da má prestação de serviço

Foram tantas as reclamações sobre falhas no serviço de telefonia móvel da Tim em Pernambuco em 2011, que a Associação de Defesa da Cidadania e do Consumidor (Adeccon) e a Ordem dos Advogados do Brasil do estado nordestino (OAB-PE) decidiram mover uma ação civil pública contra a operadora.

Culpada, até que prove o contrário

IMAGEM DE DESTAQUE STJ reverte entendimento e condena a Renault a indenizar consumidora em R$ 20 mil por falha no acionamento de air bag

Limpar o nome é obrigação

IMAGEM DE DESTAQUE SJT condena Fiat e concessionária a indenizar consumidora que pagou o consórcio de um carro e nunca o recebeu

Solidariamente culpadas

IMAGEM DE DESTAQUE SJT condena Fiat e concessionária a indenizar consumidora que pagou o consórcio de um carro e nunca o recebeu

Sem água por engano

IMAGEM DE DESTAQUE Ação de consumidora contra a Sabesp pelo corte indevido do serviço rende indenização de R$ 3 mil

Cansado de ser "sardinha"

IMAGEM DE DESTAQUE Usuário de trem ganha ação contra a CPTM e receberá indenização de R$ 15 mil por danos morais decorrentes do tratamento desumano que recebeu durante uma viagem no horário de pico

Estacionamento inseguro

IMAGEM DE DESTAQUE Tribunal de Justiça de São Paulo condena o Carrefour a pagar R$ 15 mil a consumidora que teve seu carro roubado nas dependências do supermercado

Devedora por engano

IMAGEM DE DESTAQUE Tribunal de Justiça do Ceará determina que a Credicard indenize consumidora em R$ 10 mil por não computar pagamento de fatura e colocá-la indevidamente no rol de maus pagadores. Empresa recorreu da decisão

Páginas

Subscrever RSS - Fazendo Justiça