Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Editorial

Informação e defesa

Uma das armas mais poderosas para o cidadão é o direito à informação

Uma das armas mais poderosas para o cidadão é o direito à informação, essencial em uma sociedade democrática. No Brasil, ele está previsto na Constituição Federal e de forma cristalina no Código de Defesa do Consumidor (CDC), que em seu artigo 6 diz que é direito básico do consumidor a informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade e preço, bem como sobre os riscos que apresentem.

Consumidor em primeiro lugar

Luta pelos nossos direitos e um anos de pandemia como destaques.

Há um ano, no começo de março de 2020, estávamos iniciando nossas atividades para celebrar o Dia do Consumidor, no dia 15. Faríamos mutirão de atendimentos na rua e eventos na sede do Idec. Mas nada disso ocorreu, porque fomos tomados de assalto por uma pandemia que mudou completamente nossa forma de viver.

Grandes batalhas em 2021

Reflexos da pandemia ainda são fortes e estão no nosso alvo de atuação

Já chegamos a 2021, mas o grande desafio mundial de 2020 ainda não foi embora. A pandemia de Covid-19 mudou nossos comportamentos e afetou a vida de todos nós e a economia de todos os países. No Brasil, os reflexos ainda são fortes e as adversidades permanecem, como apontam algumas reportagens desta edição.

Uma delas trata da ineficácia da suspensão dos reajustes na mensalidade dos planos de saúde em 2020, e que serão recompostos aos cofres das operadoras em 2021, onerando ainda mais os consumidores, que podem receber aumentos em cascata neste ano.

2020 repleto de desafios

Tivemos de mudar nossa forma de trabalhar, conviver, nos relacionar e consumir

O ano de 2020 foi certamente o mais desafiador em muito tempo. O surgimento e a disseminação da Covid-19 transformou nossas vidas. Tivemos de mudar nossa forma de trabalhar, conviver, nos relacionar e consumir. Nossa saúde passou a ser desafiada por um vírus que matou mais de 1,2 milhão de pessoas no mundo todo.

Comemoração e evolução

Celebração pelo CDC nos coloca com novos desafios a frente. Então vamos lá!

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) completou 30 anos em 11 de setembro. A lei contribuiu para o avanço da cidadania e segue sendo uma das mais importantes para a garantia de direitos no Brasil, mas as transformações pelas quais o mercado de consumo vem passando ao longo dos anos impõem cada vez mais desafios para que o Código se mantenha atual e eficiente no seu propósito de proteger os consumidores. Dessa forma, nossa matéria de capa resgata a importância do CDC e apresenta as mudanças mais urgentes para sua atualização.

Em ação e vigilantes

Estamos de olho e agindo para proteger seus direitos e a sua saúde

Idec em Ação não é apenas uma seção desta revista. É um compromisso que está no nosso DNA. Sempre estivemos atentos a tudo o que ocorre na sociedade e usamos nossa capacidade de atuação em prol das pessoas, especialmente dos mais vulneráveis. Agimos com independência para defender o consumidor-cidadão.

Primeiramente, gostaríamos de informar a quem deseja aderir ao Acordo Coletivo referente às perdas na poupança em decorrência dos Planos Econômicos que o prazo foi estendido até novembro de 2022. Todas as dúvidas podem ser tiradas em nossos canais de relacionamento.

Tudo mudou

Que você passe por esse momento da melhor forma possível e saia mais forte!

Primeiramente, queremos expressar nosso enorme desejo de que você, associado, e sua família estejam bem neste momento tão complicado. Passamos por tempos inesperadamente difíceis de cuidado com a nossa saúde e de quem está perto. É preciso atenção redobrada de cada um para contribuirmos o máximo possível para que a sociedade passe por essa sentindo menos os impactos causados pela pandemia de Covid-19. E nós, como entidade defensora de direitos básicos do cidadão, estamos aqui para fazer a nossa parte.

Ontem, hoje e amanhã

Dia do Consumidor nos faz olhar para o passado e o futuro das relações de consumo.

Em 15 de março comemoramos o Dia Mundial dos Direitos do Consumidor. Um dia que marca a lembrança de importantes conquistas realizadas, mas que também desperta a reflexão sobre o que está por vir. Dessa forma, a Revista do Idec deste bimestre destaca o passado e o futuro, com uma das mais antigas batalhas dos consumidores brasileiros e também a análise sobre o que está por vir nas relações entre empresas e cidadãos.

2020 lutas

Ano Novo começa com grandes desafios para a defesa dos direitos dos consumidores.

O ano de 2020 promete ser de grandes desafios para a defesa dos direitos dos consumidores em diversos aspectos, seja na luta contra retrocessos na lei de planos de saúde, na batalha por uma rotulagem nutricional adequada e mais clara, na conclusão do acordo dos planos econômicos ou mesmo na vigilância contra abusos do cadastro positivo. Será ainda um ano de eleições municipais, quando escolhemos os representantes mais próximos de nós, capazes de tomar decisões que mudam nossas vidas e nosso dia a dia.

Toda forma de proteção

O direito do consumidor vai muito além da troca de produtos ou da devolução de uma cobrança indevida

O direito do consumidor vai muito além da troca de produtos ou da devolução de uma cobrança indevida. Também é nosso direito estar protegido de toda forma de publicidade abusiva, da coleta indevida de dados e de alimentos que possam nos fazer mal. Esses temas estão em destaque nesta edição.

Páginas

Subscrever RSS - Editorial