Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Telecomunicações

Internet para poucos

Pesquisa do Idec revela que brasileiros das classes C, D e E não acessam diversos serviços públicos

Pesquisa encomendada pelo Idec revela que brasileiros das classes C, D e E têm acesso precário à internet, pois são reféns de planos de dados com franquias que esgotam rápido e limitam o uso a poucos aplicativos

Internet essencial

Idec defende a universalização do acesso, que precisa mudar de patamar.

Quarentena evidencia problemas no acesso à rede mundial de computadores. Para o Idec, promover o direito de todos a esse serviço deve ser prioridade

Internet: essencial, porém restrita

Idec defende fim do zero rating e cancelamento do acesso depois de esgotada a franquia de dados.
Internet: essencial, porém restrita

Usuários de telefonia móvel têm direito a navegar pela rede mundial de computadores mesmo depois de esgotada a franquia de dados. Mas as operadoras bloqueiam o acesso e praticam o zero rating, disponibilizando apenas alguns apps. O Idec é contra esse modelo.

Telefone Móvel

Praga Silenciosa

Cobranças indevidas de serviços e de aplicações no celular, como jogos e notícias, estão expandindo no Brasil. Em 2016, foram registrados mais de 190 mil reclamações.
 
Operadoras estão incluindo nas linhas de celular serviços e aplicações pagos – como jogos, horóscopo e notícias – sem solicitação dos consumidores. Só em 2016, foram pelo menos 195 mil reclamações contra os chamados Serviços de Valor Adicionado
 

Brasil desconectado

IMAGEM DE DESTAQUE Plano Nacional de Banda Larga chega ao fim sem ampliar de forma significativa o acesso à internet no país

Subscrever RSS - Telecomunicações