Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Chega de dívidas: 14 dicas financeiras que funcionam de verdade

separador

Atualizado: 

21/05/2019
Chega de dívidas: 14 dicas financeiras que funcionam de verdade

Se a imagem que lhe vem à cabeça quando se fala de poupança é do seu avô juntando as economias embaixo do colchão ou das moedinhas que sobram e vão pro cofrinho, chegou a hora de você rever os seus conceitos! Conquistar o seu dinheiro é importante, mas saber como gastar com qualidade pode evitar muitos problemas no futuro.

Quer saber como economizar o seu dinheiro para os seus projetos pessoais e o melhor, sem precisar sofrer muito? A gente te conta como:

 

1. Banco gratuito é um direito!

Banco gratuito é um direito!

Uma conta bancária livre de tarifas? É verdade esse bilhete! É provável que o seu gerente de banco nunca tenha te contado isso, mas a conta gratuita com serviços essenciais é um direito de todos os brasileiros. Para isso, é só ir pessoalmente até a sua agência e solicitar a troca para conta com tarifa zero.

2. De olho nas parcelas

De olho nas parcelas

Pague as contas em dia e não entre no caminho errado da força do pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito, cheio de multas e juros. Não faz sentido perder o seu suado dinheiro para o banco apenas por falta de organização, não é mesmo?

3. Cuidado com as prestações do cartão

Cuidado com as prestações do cartão

Achou que parcelar tudo no cartão de crédito seria uma boa ideia? Achou errado! Antes de parcelar, pense se as parcelas vão durar mais do que você comprou e lembre-se que está assumindo uma dívida que será paga com um dinheiro que você ainda não tem. Por isso, use o seu cartão de crédito só quando necessário.

4. Alterne a troca de artigos pessoais

Alterne a troca de artigos pessoais

Se organizar direitinho, todo mundo economiza: que tal trocar de celular só nos anos ímpares e de óculos nos anos pares, por exemplo? Assim você organiza gastos maiores no seu planejamento de longo prazo.

5. Compare preços e peça descontos

Compare preços e peça descontos

Pesquise preços de diferentes marcas e lojas físicas e virtuais e não perca a oportunidade de pechinchar. Quem não sabe o valor, não tem como negociar o melhor preço. Não se esqueça de sempre perguntar se há desconto no pagamento à vista. Vai que... né?

6. Adote práticas de escambo

Adote práticas de escambo

Roupa sobrando e dinheiro faltando? Separe o que você não usa mais e organize um bazar com amigos e amigas para trocar roupas, calçados, livros e outros itens que estão encostados no armário. Essa é uma boa maneira de ter mais estilo no guarda-roupa e mais dinheiro no bolso. #Desapega

 

LEVE A EDUCAÇÃO FINANCEIRA NO BOLSO

APOIE E GANHE O KIT
Faça Parte - Associe-se
 

7. Coma mais verde e vá à feira

Coma mais verde e vá à feira

Na hora da compra, menos carnes, bebidas e artigos industrializados e mais grãos, frutas, legumes e ovos. Lembre-se que esses alimentos costumam sair mais em conta em feiras, principalmente os orgânicos. Sua alimentação será mais saudável e a seu bolso agradece.

8. Se sobrar, congele!

Se sobrar, congele!

Você já se cansou de jogar fora comida? Keep calm e congele! Congelar os alimentos é uma ótima opção para consumir comida caseira diariamente. Além disso, prepare o cardápio da semana antes de ir ao supermercado e compre apenas os produtos que irá consumir e na quantidade certa. Sem desperdícios é sempre melhor.

9. Prefira os planos mais baratos

Prefira os planos de mais baratos

Chega de passar nervoso na hora de receber a conta do celular. Para isso, existe a opção de contratar o plano de internet fixa e celular mais populares. Além disso, sempre dá pra usar o wi-fi daquele espaço público.

10. Diminua o uso de eletrônicos e eletrodomésticos

Diminua o uso de eletrônicos e eletrodomésticos

Perder a noção do tempo debaixo do chuveiro: tu gosta, não gosta? Mas cuidado, isso pode encarecer e muito a sua conta de energia! Quer economizar na conta de luz? Aposte em lâmpadas econômicas e eficientes e desligue o modo standy-by de equipamentos eletrônicos. Veja mais dicas e ideias de economia aqui

11. Vá de busão

Vá de busão

Prefira o transporte público coletivo para fazer compras, pagamentos e outras atividades e priorize a realização de tarefas cotidianas nas proximidades de sua residência. Isso fará toda diferença no fim do mês e de quebra, você aproveita para caminhar e se exercitar mais!

12. Aproveite todos os benefícios, descontos e cupons possíveis

 Aproveite todos os benefícios, descontos e cupons possíveis

Desconto? Quero! Fique de olho nos benefícios oferecidos pelo jornal que você assina, pelo seu banco, seu seguro, sua operadora de celular, etc. Empresas costumam oferecer descontos em produtos e serviços e ingressos para atividades culturais.

13. Prefira medicamentos genéricos

Prefira medicamentos genéricos

Você sabia que o preço de tabela dos genéricos é 30% menor do que o dos remédios de referência? Em tese, eles são mais baratos porque em seu preço não estão embutidos gastos com propagandas e custos de pesquisa para o desenvolvimento do produto novo. Saiba mais sobre as vantagens dos genéricos aqui.

14. Entenda que dinheiro parado é dinheiro perdido

Entenda que dinheiro parado é dinheiro perdido

Alguém já disse isso para você? Saiba que essa é uma grande verdade. Deixá-lo parado significa perder poder de compra com o passar do tempo. Crie o hábito de de poupar e ter uma reserva e, sempre que possível, investir e guardar seu dinheiro na poupança . Afinal, nunca se sabe quando pode surgir uma emergência ou imprevisto. O seu eu do futuro agradece!

 

ASSOCIE-SE E LEVE A EDUCAÇÃO FINANCEIRA NO BOLSO

Com apenas R$ 30 por mês você apoia o Idec na causa dos direitos do consumidor no Brasil, garantindo nossa luta por relações de consumo financeiras justas e nos ajuda a continuar construindo campanhas como essa. Como agradecimento*.

APOIE E GANHE O KIT
Faça Parte - Associe-se
 

*Entrega do manual em até 30 dias úteis após a efetivação da assinatura e acesso ao curso a partir de 15 de junho



 

MAS QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DE SER ASSOCIADO DO IDEC?

Ao contribuir com uma organização que conta com mais de 70 pessoas atuando para instrumentalizar a sociedade civil na defesa dos direitos do consumidor, você garante a sustentabilidade financeira de nossas ações e terá acesso a atendimentos e conteúdos exclusivos. Se nosso trabalho é importante pra você, considere a possibilidade de nos apoiar!

  • Orientação com especialistas
  • Revista Idec, na sua casa
  • Modelos de cartas e petições
  • Boletins informativos
  • Idec Orienta, pra você se instrumentalizar
  • Engajamento na defesa de direitos