Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

O que o Idec está fazendo

Janeiro/2018

Justiça condena a Eletropaulo por cobrança indevida e a obriga a devolver em dobro o valor cobrado indevidamente dos consumidores, e a pagar indenização por danos morais coletivos no valor de R$ 500 mil, que deverá ser revertida ao Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos.

Novembro/2017

Idec pede antecipação do julgamento de sua ação civil pública contra a concessionária paulista.

Março/2017

Justiça concede liminar para proibir a Eletropaulo de cobrar por serviços não solicitados, para não cortar a energia de quem foi cobrado indevidamente e para restabelecer o fornecimento de quem teve energia cortada por não pagar fatura que continha a cobrança indevida.

Fevereiro/2017

  • AES Eletropaulo não responde notificação enviada pelo Idec;
  • O Instituto ingressa com ação na justiça para que a empresa pare de cobrar por serviços não solicitados e que devolva em dobro os valores pagos por estes serviços

Janeiro/2017

  • Idec notifica Eletropaulo pedindo o fim da cobrança dos serviços solicitados e devolução em dobro a todos os consumidores;
  • O Instituto cria canal para receber relatos e exemplos dos prejuízos sofridos pelos consumidores e pede que consumidores enviem faturas com cobranças indevidas.