Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Idec participa do maior congresso de nutrição da América Latina

Rotulagem nutricional de advertências, obesidade infantil e publicidade de alimentos ultraprocessados estiveram na pauta do encontro internacional

Compartilhar

separador

Atualizado: 

19/12/2018
Idec participa do maior congresso de nutrição da América Latina

Aconteceu entre os dias 11 e 15 de novembro na cidade de Guadalajara, no México, o SLAN (Congresso Latino-Americano de Nutrição). O Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) esteve presente neste que é o maior evento sobre o tema realizado na região e reuniu pesquisadores para debater avanços e desafios comuns, compartilhar experiências e apresentar evidências no campo da nutrição e saúde pública.

A nutricionista do Idec, Ana Paula Bortoletto, participou de duas mesas. A primeira teve como tema Planos de ação para a prevenção da obesidade infanto-juvenil e a agenda regulatória na América Latina e Caribe e contou com a mediação do Dr. Fabio Gomes, consultor regional de alimentação e nutrição da OPAS (Organização Pan-Americana da Saúde). Além da OPAS e do Idec, participaram do debate a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e o INSP (Instituto Nacional de Saúde Pública do México).  

Já a segunda mesa teve como tema Evidências e avanços na rotulagem frontal de advertências na América Latina. A moderação foi feita pelo Dr. Simón Barquera, do INSP, e contou com a participação de pesquisadores chilenos e mexicanos. Bortoletto falou sobre a experiência brasileira e o andamento do processo regulatório que visa atualizar as regras de rotulagem nutricional no País, com a inclusão de rótulos frontais de advertência.

O Idec também apresentou em forma de pôster diversas pesquisas sobre rotulagem nutricional, publicidade de alimentos ultraprocessados e infantil e conflitos de interesse na área de alimentação e nutrição. “Trata-se de uma oportunidade valiosa de o Idec divulgar suas ações e pesquisas e trocar experiências sobre as políticas públicas que buscamos para o Brasil com outros países da região que avançaram ou estão trabalhando nos mesmos temas”, diz Laís Amaral, nutricionista do Idec.

Participação conjunta

A Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável, coalizão de organizações da sociedade civil da qual o Idec faz parte, também esteve presente no SLAN. No stand A sociedade civil na América Latina unida contra a obesidade, organizado em parceria com a Alianza por la Salud Alimentaria (Aliança pela Saúde Alimentar, em português) do México e da Colômbia, a Aliança do Brasil realizou atividades sobre nutrição e políticas públicas e divulgou o modelo de rotulagem nutricional de advertências em formato de triângulos.

As Alianças do Brasil, Colômbia e México realizaram uma homenagem ao Comitê Organizador do Congresso pela realização do primeiro SLAN livre de conflitos de interesse, isto é, sem o patrocínio de grandes empresas de alimentos e bebidas ultraprocessados. “O Idec e a Aliança valorizam o conhecimento técnico e a pesquisa científica livres de conflito de interesse e desenvolvida com rigor metodológico e qualidade. Todas as iniciativas em sintonia com nossos princípios devem ser celebradas”, finaliza Amaral.

 

LEIA TAMBÉM

Especialistas internacionais pedem adoção de rotulagem de advertência

Em vídeos, consumidores falam sobre dificuldade em entender rótulos

MPCON apoia modelo de rotulagem nutricional de advertência