Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Como escolher o melhor modelo de ar-condicionado?

Além do preço do aparelho, é importante analisar seus gastos com energia elétrica, tamanho do local e as vantagens e desvantagens de cada modelo

separador

Atualizado: 

14/11/2017

O calor começa a se intensificar e as pessoas correm para as lojas em busca do ar-condicionado perfeito. Contudo, qual é o modelo mais adequado?

Muitas pessoas não sabem, mas além de olhar o preço, é preciso ficar atento a algumas características para que o produto se adeque a sua necessidade.

Confira as dicas do Idec e saiba qual ar-condicionado levar para casa.

Atenção: conta de luz mais cara

Encontrou um ar-condicionado com um preço ótimo? Analise antes seus gastos com energia elétrica e veja se um aumento na conta de luz cabe no seu bolso. 

A variação de preço dependerá do tempo que o produto ficará ligado e da classificação no selo de eficiência energética Procel. Para te ajudar a entender a diferença, o Idec fez simulações de consumo de energia com diferentes níveis de eficiência energética.

DescriçãoClassificaçãoConsumo (KWh)Aumento na conta em SP*Aumento na conta no RJ*
Ar condicionado 1 - 12.000 BTUsA22,7R$ 124,50R$ 105,33
Ar condicionado 2 - 12.000 BTUsD27,3R$ 149,73R$ 126,67
Ar condicionado 3 - 18.000 BTUsA34R$ 186,47R$ 157,76
Ar condicionado 4 - 18.000 BTUsD41,6R$ 228,15
R$ 193,24
 
* Aparelho ligado 8h por dia durante 30 dias, considerando as tarifas da cidade. Cálculo realizado em 2017.
 

A diferença de consumo pode ser muito grande. Por isso, caso decida ter um ar-condicionado, prefira aparelhos que tenham classificação A e que tenham a tecnologia inverter - que consome menos energia e mantém a temperatura estável.

O que significa BTUs?

BTU (British Thermal Unit) é uma unidade térmica que determina o quanto o ar-condicionado consegue deixar o ambiente gelado. Ou seja, quanto mais BTUs tiver, mais o produto consegue resfriar o local.

A metragem do lugar onde o aparelho será instalado e se nele bate sol o dia todo são algumas das principais características a serem analisadas. Confira a tabela abaixo utilizada no mercado brasileiro e entenda qual modelo atende a sua necessidade.

Metragem do AmbienteSol da manhã Sol da tarde ou dia todo
Até 10 m²Até 7.500 BTUs/hAté 7.500 BTUs/h
15 m²10.000 BTUs/h10.000 BTUs/h
20 m²12.000 BTUs/h12.000 BTUs/h
25 m²12.000 BTUs/h15.000 BTUs/h
30 m²15.000 BTUs/h18.000 BTUs/h
40 m²18.000 BTUs/h21.000 BTUs/h
50 m²21.000 BTUs/h30.000 BTUs/h

 

Diferença de modelos

Existem três tipos principais de modelos à venda no mercado. Conheça as vantagens e desvantagens de cada um.

  • Janela

Vantagem: popular no Brasil, é o modelo mais barato dos três. Mais compacto, sua instalação não é tão cara e funciona bem em ambiente pequenos.

Desvantagem: barulhento, consome mais energia do que os demais e nem todos possuem controle remoto. As empresas estão cada vez mais deixando de fabricá-lo.

  • Split

Vantagem: mais silencioso e, dependendo da potência, gela com mais facilidade ambientes grandes e pode se adequar a diferentes arquiteturas. Além disso, os mais modernos consomem menos energia.

Desvantagem: o motor fica fora da residência e, consequentemente, altera o ambiente externo. Alguns imóveis, como prédios, não permitem nenhum tipo de mudança na fachada ou não possuem espaço para instalar a parte externa. Outro inconveniente é a taxa de instalação, que pode ser mais cara que o próprio aparelho.

  • Portátil

Vantagem: como o próprio nome sugere, pode ser se mover para quase qualquer ambiente da casa. Ele é uma ótima opção para locais que não podem ser modificados e sua instalação é mais simples.

Desvantagem: preços mais altos para oferecer a mesma potência dos outros, tem limitação de BTUs. 

Importante!

Para iniciar o uso, feche todas as portas e janelas do ambiente. Ajuste também a temperatura para conforto. Dessa forma, quando ambiente atingir a temperatura escolhida, o ar condicionado irá desligar automaticamente.

Além disso, mantenha o filtro do aparelho sempre limpo para que não haja esforço extra e proteja a parte externa da incidência do sol.