Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Em reunião com Yellow, Idec cobra melhorias após mudança no aplicativo

Idec comunicou empresa de bicicleta compartilhada após mudanças que afetaram usuários em São Paulo (SP); veja o que muda.

Compartilhar

separador

Atualizado: 

10/12/2018
Em reunião com Yellow, Idec cobra melhorias após mudança no aplicativo

A Yellow, empresa de compartilhamento de bicicletas, foi notificada pelo Idec por mudar as regras de uso do seu aplicativo repentinamente. As alterações foram realizadas no final de setembro e impactaram milhares de usuários na cidade de São Paulo.

A empresa iniciou as atividades em agosto de 2018 e inicialmente disponibilizou as bicicletas de forma livre. Porém, devido a problemas identificados nos dois primeiros meses de uso do aplicativo, a empresa restringiu a área de atuação limitando apenas a parte da zona oeste de São Paulo. Com a mudança realizada sem aviso prévio, muitos usuários acabaram sendo excluídos da possibilidade de utilizar o aplicativo.

O Idec apontou que houve uma mudança unilateral do contrato, por parte da Yellow e notificou a empresa. O Instituto solicitou definições claras do processo de multas e todos os trâmites decorrentes das mudanças realizadas até o momento, já que o aplicativo aplicará multas a quem descumprir as regras estabelecidas. 

Em conversa com o Idec, a empresa se prontificou a dar suporte completo e permissão para os usuários que solicitarem seu dinheiro de volta. A Yellow também se comprometeu a melhorar a comunicação sobre as futuras mudanças que poderão ocorrer no uso do app.

“O aplicativo deve ficar bem mais complexo do que o uso que ele tem agora, e é importante que esse processo seja tocado com muito cuidado, transparência e respeito aos direitos dos usuários”, analisa o pesquisador de Mobilidade Urbana do Idec, Rafael Calabria.

O Idec entende que o compartilhamento de bicicletas é uma importante medida para a melhoria da mobilidade sustentável e recomenda que os usuários do aplicativo que se sentirem prejudicados solicitem o estorno do valor dos créditos comprados.