Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Copa e Olimpíada: os impactos dos megaeventos e a cidade sustentável são debatidos na Rio+20

Monopólio da Fifa, restrição da liberdade de escolha dos consumidores e interferência nos arranjos comerciais locais serão os principais assuntos tratados pelo Instituto

Compartilhar

separador

Atualizado: 

15/06/2012
Como o Brasil sediará a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos em 2016, o Instituto Pólis organizou o evento “O direito à cidade sustentável e o impacto dos megaeventos” para discutir quais são as principais interferências dos megaeventos nas cidades brasileiras. O debate acontece na terça-feira (19/6), das 14h30 às 16h30 no Planetário (Rua Vice-Governador Rubens Berardo, nº 100, Gávea - Rio de Janeiro).
 
O evento faz parte da programação da Cúpula dos Povos, evento organizado pela sociedade civil global e paralelo à Rio+20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável. Confira aqui a programação completa do evento.
 
A mesa discutirá questões referentes ao direito à cidade, violações de direitos humanos resultante dos impactos dos megaeventos e tratará dos principais desafios atuais para a construção de cidades mais justas, democráticas e sustentáveis.
 
O advogado do Idec, Guilherme Varella, participará da reunião como debatedor, levantando questionamentos que fez durante a campanha “FixaBaixaBola”  - mobilização que reuniu diversos consumidores contra pontos da Lei Geral da Copa, projeto que desrespeitava o CDC (Código de Defesa do Consumidor), a Constituição e várias outras leis nacionais. 
 
O monopólio da Fifa, a restrição da liberdade de escolha dos consumidores, a interferência nos arranjos comerciais locais, a ausência de responsabilidade da Fifa e as práticas abusivas que poderá cometer, com respaldo da Lei, serão os principais assuntos tratados pelo Idec durante o debate.