Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Custo baixo e sem filas: veja como funcionam as contas digitais

As contas digitais vêm atraindo cada vez mais consumidores em busca de tarifas menores e menos burocracia, mas é preciso se atentar aos valores de serviços avulsos

separador

Atualizado: 

19/07/2019
Custo baixo e sem filas: veja como funcionam as contas digitais

Já parou para analisar o quanto já gastou com tarifas bancárias só neste ano? Se você já fez essas contas e levou um susto com os valores, saiba que se livrar de boa parte desse gasto pode ser mais fácil do que imagina.

Além dos pacotes de serviços essenciais sem tarifa dos bancos tradicionais, os consumidores podem contar também com as contas digitais gratuitas, que vêm atraindo cada vez mais clientes que querem fugir das filas e buscam serviços mais acessíveis e baratos. Esse é o seu caso? Então saiba mais sobre as contas digitais e tire suas dúvidas:

 

Como funciona

Uma conta digital possui características semelhantes às de uma conta tradicional, como fazer transferências, pagar boletos, receber salário ou sacar dinheiro e, como o nome já diz, a maioria das operações é feita pela internet, através do seu celular ou computador. Assim como a conta normal, a digital também é regulada pelo Banco Central na resolução 3.919/2010, que vigora desde 2009. A diferença entre os tipos de conta está no tamanho da cesta de serviços oferecida aos clientes. No geral, a conta digital é isenta de tarifas para transferências bancárias e consulta de extratos, além de também oferecer um cartão de débito, benefícios que têm influenciado muita gente a mudar de banco. Por isso, na hora de fazer a sua escolha, é importante consultar as tabelas de valores.

Pacote de serviços

Cada conta digital tem suas próprias regras e tarifas. Porém, você geralmente consegue realizar depósitos e aportes em sua conta digital por meio do pagamento de boletos (em caixas eletrônicos, por exemplo) ou fazendo DOC ou TED a partir de outra conta. Já os saques podem ser realizados, normalmente, nos caixas eletrônicos da instituição financeira escolhida ou em caixas de Bancos 24h. Nos bancos virtuais, que focam em operações eletrônicas, as tarifas de saque costumam ser bem mais caras que os bancos tradicionais. Então, caso você queira utilizar canais telefônicos ou ir até a agência, a operação será cobrada como um serviço à parte, segundo os pacotes de tarifas de cada banco.

 

LEVE A EDUCAÇÃO FINANCEIRA NO BOLSO

APOIE E GANHE O KIT

Faça Parte - Associe-se

Tarifa de manutenção

As contas digitais, em geral, não cobram tarifa de manutenção, mas têm um limite menor para transações gratuitas, que varia em cada instituição - em média, disponibilizam dois saques e duas transferências por mês. Mas se você se organizar para fazer consultas pela internet e otimizar o uso do cartão, pode não ter custo com a conta. Para saber mais sobre as tarifas cobradas, confira o estudo comparativo de preços dos serviços bancários, com tarifas avulsas e pacotes, realizado pelo Idec.

Proteção da conta

A segurança dessa modalidade é a mesma das contas tradicionais em grandes bancos: os depósitos de até R$ 250 mil, sejam eles em grandes ou pequenos bancos, são protegidos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), o mesmo que assegura as cadernetas de poupança e os Certificados de Depósito Bancário (CDB). O Fundo, no entanto, não garante contas vinculadas somente a instituições de pagamento.

Irregularidades e venda casada

Ao optar por uma conta digital, fique alerta para possíveis irregularidades ou tentativas de venda casada. Isso porque pode ocorrer a pressão do funcionário do banco para empurrar, junto com a conta, um seguro ou mesmo um cartão de crédito, com anuidade. De acordo com o artigo 39, I, do Código de Defesa do Consumidor (CDC), essa prática é abusiva e proibida, denuncie! 

 

ASSOCIE-SE E LEVE A EDUCAÇÃO FINANCEIRA NO BOLSO

Com apenas R$ 30 por mês você apoia o Idec na causa dos direitos do consumidor no Brasil, garantindo nossa luta por relações de consumo financeiras justas e nos ajuda a continuar construindo campanhas como essa. Como agradecimento*.

APOIE E GANHE O KIT

Faça Parte - Associe-se

 

*Entrega do manual em até 30 dias úteis após a efetivação da assinatura e acesso ao curso a partir de 15 de junho

 

MAS QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DE SER ASSOCIADO DO IDEC?

Ao contribuir com uma organização que conta com mais de 70 pessoas atuando para instrumentalizar a sociedade civil na defesa dos direitos do consumidor, você garante a sustentabilidade financeira de nossas ações e terá acesso a atendimentos e conteúdos exclusivos. Se nosso trabalho é importante pra você, considere a possibilidade de nos apoiar!

  • Orientação com especialistas
  • Revista Idec, na sua casa
  • Modelos de cartas e petições
  • Boletins informativos
  • Idec Orienta, pra você se instrumentalizar
  • Engajamento na defesa de direitos

 

Talvez também te interesse: