Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Dicas na hora de contratar um eletricista

Para evitar gastos desnecessários e proteger não só você mas também a sua família, todo cuidado é pouco na hora de contratar um eletricista. Confira as dicas do Idec para quando precisar contratar esse profissional

separador

Atualizado: 

25/07/2011

 

Para evitar gastos desnecessários e proteger não só você mas também a sua família, todo cuidado é pouco na hora de contratar um eletricista. Confira as dicas do Idec para quando precisar contratar esse profissional.

  1. Pesquise vários profissionais.

  2. Peça algum registro profissional, desconfie de quem "faz tudo".

  3. Como as instalações elétricas residenciais são regidas pela NBR-5410, da ABNT, desconfie se o eletricista nunca tiver ouvido falar disso!

  4. Solicite o orçamento, que deve ser obrigatoriamente entregue ao consumidor antes da execução de qualquer serviço e tem validade de 10 dias a partir do recebimento. Nele devem constar o valor da mão de obra e dos materiais e equipamentos a ser utilizados, a forma de pagamento e as datas de início e término do serviço. Após a aprovação, o orçamento não poderá mais ser alterado e deve ser integralmente cumprido pelo fornecedor, que não poderá cobrar nada a mais. A não entrega de orçamento caracteriza prática abusiva.

  5. Verifique se todo o material tem logotipo do fabricante. Rejeite material de procedência desconhecida. Disjuntores, fusíveis, tomadas, interruptores, fios e cabos devem ter a marca de conformidade do Inmetro.

  6. Eletricista não precisa quebrar a casa toda para mexer em sua fiação. Se o problema for na caixa, ele só mexe ali, se a fiação deve ser trocada, basta abrir uma ou mais caixas de passagem e passar os fios pelos conduítes.

Talvez também te interesse: