Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Seminário no RJ debate financiamento alternativo do transporte público

Seminário "Transporte como direito e caminhos para a tarifa zero" ocorre entre 16 e 18 de setembro, em Niterói, e reúne especialistas nacionais e estrangeiros para debater direito ao transporte e novas políticas de financiamento

Compartilhar

separador

Atualizado: 

10/10/2019

Entre 16 e 18 de setembro o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) e a Fundação Rosa Luxemburgo, com o apoio de várias organizações, realizam o seminário internacional “Transporte como direito e caminhos para a tarifa zero”, em Niterói (RJ). A atividade reunirá acadêmicos, parlamentares, gestores públicos e representantes de movimentos sociais, nacionais e estrangeiros, para discutir políticas de valorização e financiamento do transporte coletivo. 

Ao todo serão 43 palestrantes e moderadores participantes. Entre os nomes confirmados estão Allan Alaküla, chefe do escritório da União Europeia em Tallin, na Estônia, principal cidade a adotar tarifa zero no mundo; Christian Tengblad, do movimento social sueco planka.nu , referência em mobilizações em defesa da tarifa zero; Wojciech Kębłowski, pesquisador da Vrije Universiteit e da Université Libre de Bruxelas, que estuda políticas públicas de tarifa zero no mundo; Raquel Rolnik, professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP; Lucio Gregori, ex-secretário de Transportes da Prefeitura de São Paulo (1988-1992), que propôs a adoção da tarifa zero na cidade; Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho, técnico do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), Renata Falzoni, arquiteta e urbanista, bikerrepórter e uma das principais cicloativistas do país; e Washington Quaquá, ex-prefeito de Maricá responsável por implementar a tarifa zero na cidade. Confira a programação completa aqui.

Segundo Rafael Calabria, pesquisador de mobilidade do Idec, que também estará no evento, a modicidade das tarifas é um dos princípios da Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU). Mas, historicamente, a política tarifária é tratada com baixa prioridade pelos órgãos públicos.

“Como resultado, os preços das passagens só sobem, expulsando pessoas do sistema. É essencial promover debates sobre políticas públicas que possam assegurar esse direito e promover ações concretas que mudem essa realidade.

A inscrição é gratuita e a participação está sujeita à capacidade do auditório.

 

SERVIÇO:

Seminário internacional “Transporte como direito e caminhos para a tarifa zero”

Data: 16 a 18 de setembro

Local: Universidade Federal Fluminense - Faculdade de Economia e Caminho Niemeyer, em NIterói - RJ

Inscrições gratuitas: www.direitoaotransporte.org.br

Talvez também te interesse: