Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Idec cria site para apoiar políticas públicas sobre alimentação

Plataforma Alimentando Políticas tem como objetivo divulgar informações e estudos científicos para gestores públicos

Compartilhar

separador

Atualizado: 

07/05/2019
Idec cria site para apoiar políticas públicas sobre alimentação

Com o objetivo de promover a saúde pública nos municípios brasileiros, o Idec, apoiado por diversos parceiros, lança hoje (08) o site Alimentando Políticas para oferecer fundamentação científica e apoiar gestores públicos preocupados em realizar projetos efetivos sobre alimentação e nutrição no País.

Na plataforma, o gestor poderá encontrar estudos de pesquisadores renomados sobre rotulagem, preço e publicidade de alimentos, acesso e informação da população sobre alimentação adequada e saudável, dentre outros assuntos. Além disso, serão divulgadas informações e pesquisas sobre como interesses privados influenciam na gestão pública.

A alimentação dos brasileiros

Ana Paula Bortoletto, nutricionista e líder do programa de alimentação saudável do Idec, explica que promover políticas públicas que influenciam hábitos alimentares saudáveis é de enorme importância para os municípios.

“As consequências das mudanças nos hábitos alimentares dos brasileiros são visíveis e refletem no aumento expressivo de doenças crônicas como diabetes, doenças do coração, pressão alta e obesidade em todas as faixas etárias e de renda”, explica.

De 2008 a 2010, o SUS (Sistema Único de Saúde) gastou cerca de R$ 3,6 bilhões anuais com excesso de peso e obesidade no Brasil. Se políticas públicas efetivas não forem implementadas, os custos diretos com obesidade entre os anos de 2010 e 2050 serão de mais de US$ 330 bilhões.

Projeto Independente

O Alimentando Políticas é um projeto independente, livre de conflito de interesses, feito em parceria com a organização ACT Promoção da Saúde, a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), o Nupens/USP (Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Universidade de São Paulo) e a Universidade de Edimburgo, na Escócia.

 

LEIA TAMBÉM

Idec lança site sobre Publicidade de Alimentos

Indústria do tabaco colaborou para viciar crianças em bebidas adoçadas