Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Idec solicita informações sobre segurança de tráfego aéreo no país

Consumidores sofrem danbos financeiros e morais como consequencia da crise

Compartilhar

separador

Atualizado: 

27/07/2011

Há mais de sete meses os consumidores brasileiros amargam cancelamentos e atrasos excessivos em vôos, passando por toda sorte de situações desagradáveis.

Como se não bastassem os danos financeiros e morais sofridos, os passageiros se vêem em meio à troca de acusações e divergências de opiniões entre diversos setores do governo e sociedade civil, como o Comando da Aeronáutica, Presidentes de Companhias Aéreas, líderes sindicais de controladores de tráfego aéreo, parlamentares etc, que só os colocam em dúvida sobre a segurança do transporte aéreo no país.

Por compartilhar dessa preocupação, o Idec enviou cartas à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), à Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) e ao Ministério da Defesa solicitando informações claras, verídicas e inequívocas acerca do assunto (leia íntegra das correspondências).

Além disso, o Instituto acredita que chegou o momento de se exigir a solução definitiva dos problemas dos consumidores e convida os internautas a participarem da campanha "Apagão aéreo: exija respeito e o fim da crise!", por meio da qual podem enviar e-mails às autoridades competentes pedindo providências.

Além do envio da carta, o Idec disponibiliza diversas informações para que o consumidor saiba como se prevenir, como proceder nos casos de atrasos e cancelamentos e um modelo de ação para ressarcimento.

Talvez também te interesse: