Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Idec comemora indicação do jurista Antonio Benjamim para vaga no STJ

Com a indicação da Presidência da República, o procurador aguarda o agendamento da data da sabatina para aprovação de seu nome pelo Senado Federal

Compartilhar

separador

Atualizado: 

25/07/2011

O Idec recebeu com entusiasmo a notícia sobre a nomeação do jurista Antonio Herman Vasconcelos e Benjamin no cargo de Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O nome do professor foi indicado pelo presidente da República, Luís Inácio Lula da silva, após apreciação de uma lista tríplice. Benjamin ocupará a vaga aberta com a saída do ministro Edson Vidigal, que se aposentou em março passado.

Há alguns dias, o Idec e o Fórum Nacional de Entidades Civis de Defesa do Consumidor (FNECDC) enviaram cartas ao Ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos manifestando total apoio à candidatura.

A eleição do Procurador de Justiça do Ministério Público de São Paulo se faz merecida a partir da importância dos serviços prestados pelo jurista à sociedade brasileira, com destaque para a elaboração do anteprojeto do Código de Defesa do Consumidor (leia entrevista com ele sobre os 15 anos do CDC) e a fundação do Brasilcon - Instituto Brasileiro de Política e Direitos do Consumidor, além de sua atuação decisiva na organização da defesa do consumidor pelo Ministério Público e no seu estímulo à matéria no ambiente acadêmico.

A indicação do Professor Benjamim é um presente à toda a sociedade brasileira.

Currículo
Membro do Ministério Público de São Paulo desde 1982, Antônio Herman é procurador de Justiça e coordenador do CAO das Promotorias de Justiça do Consumidor. Mestre em Direito pela University of Illinois College of Law, leciona, anualmente, há 12 anos, Direito Ambiental e Comparado e Direito da Biodiversidade na Universidade do Texas. Foi diretor-cultural da Associação Paulista do Ministério Público e membro do Conselho Superior do Ministério Público de São Paulo.

Talvez também te interesse: