Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Conar suspende campanhas publicitárias da Petrobras

Idec espera que punição do Conar à Petrobras seja estendida a muitas outras empresas que não são socialmente responsáveis mas se anunciam como tal

Compartilhar

separador

Atualizado: 

17/08/2011

O Conselho Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária recomendou a suspensão de duas campanhas publicitárias da Petrobras nesta quinta, dia 17 de abril, atendendo a uma ação apresentada por secretarias governamentais estaduais e ONGs, entre elas o Idec.


Em suas campanhas, a empresa afirma seu compromisso com a qualidade ambiental e com a responsabilidade social. No entanto, segundo a ação, estaria descumprindo uma resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente, a CONAMA nº 315, de 29 de outubro de 2002, que estabelece a data de 1º de janeiro de 2009 para o início do fornecimento de óleo diesel com menores quantidades de enxofre, substância altamente poluente e cancerígena.

O Idec espera que a Petrobras cumpra o que afirmou hoje em comunicado e já havia dito em 2007, ou seja, que passe a oferecer diesel com menos enxofre a partir de 2009, como estipula a CONAMA 315/2002. O Instituto estará atento ao tema.

Em relação à suspensão das campanhas, o Idec vê como positiva a ação do órgão de auto-regulação publicitária, instando-o, inclusive, a adotar medidas similares em relação a propagandas de inúmeras outras empresas que se anunciam promotoras da sustentabilidade e responsáveis socialmente.

Talvez também te interesse: