Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Cobrança indevida

O Código de Defesa do Consumidor estabelece que na cobrança de dívidas o consumidor não poderá ser exposto a ridículo, nem ser submetido a qualquer constrangimento. É considerado abusivo, por exemplo, o envio do nome do consumidor para bancos de proteção de crédito sem o aviso prévio, ou ainda a cobrança em seu local de trabalho, de modo que terceiros fiquem sabendo da suposta dívida. Ambos os exemplos geram ao consumidor o direito de reclamar indenização por danos morais e/ou materiais.

Conteúdo restrito para Associados


Já é um associado(a)?

QUER ACESSAR ESSE CONTEÚDO?

Apoiadores do Idec contribuem com a luta por avanços de direitos e ainda têm acesso irrestrito a:

  • Passo a passo para lidar com 258 problemas de consumo, inclusive negociação de dívidas
  • 400 cartas com base no Código de Defesa do Consumidor para solucionar problemas com empresas
  • 26 petições para o juizado especial, que podem ser encaminhadas sem a necessidade de advogado
  • Revistas impressas na sua casa
  • Atendimento via e-mail e telefone