Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Mostrar que consumidor tem poder de escolha sobre empresas é, hoje, o maior desafio do Idec

Instituto comemora 30 anos de conquistas em defesa do consumidor

Compartilhar

separador

O Globo

Atualizado: 

24/07/2017

Com mais de sete mil associados e 280 mil pessoas engajadas no fortalecimento de suas ações, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) comemora 30 anos de atuação nesta sexta-feira. Desde sua fundação, em 1987, o instituto acumulou um importante histórico de lutas e conquistas, sendo que a primeira de maior relevância foi a edição de novas normas de segurança para os preservativos, em 1996. Em seu décimo ano de atuação, o Idec conseguiu que fossem retirados do mercado 132 antibióticos com formulações inadequadas. Em 2001, o instituto ajuizou centenas de ações judiciais contra os bancos.

Para a coordenadora executiva, Elici Bueno, essas conquistas só foram possíveis graças ao apoio que a organização sempre recebeu dos consumidores e associados.

"Eles são os nossos principais pontos de contato com os problemas do dia dia e nos dão um norte para o nosso trabalho", afirma.

Atualmente, o Idec incide em diversos temas, como transporte aéreo e cobranças abusivas na conta de luz. As principais áreas temáticas são: alimentação, financeiro, mobilidade, saúde e telecomunicações. Sua atuação tem se concentrado, principalmente, junto aos tomadores de decisão nos órgãos reguladores e no Poder Legislativo com ações de advocacy. No passado, o Idec monitorou o mercado em relação à qualidade e à segurança de produtos e serviços por meio de testes.

Para a fundadora do instituto e atual presidente de seu conselho diretor, Marilena Lazzarini, o desafio agora não é mais apenas monitorar o desempenho das empresas. Segundo ela, é preciso acompanhar o comportamento do mercado e mostrar que o consumidores têm poder de compra e escolha para força-las a assumir mais responsabilidades.

"São poucas organizações que têm a perspectiva de consumidor-cidadão. Por isso, o trabalho do Idec é tão importante. São anos de lutas, e a maioria briga de cachorro grande, que proporcionaram direta ou indiretamente avanços na qualidade de vida de todos", finaliza Lazzarini.