Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Anvisa estuda regras para tornar informações sobre alimentos transparentes

Compartilhar

separador

BandNews FM

Atualizado: 

25/10/2018
Anvisa estuda regras para tornar informações sobre alimentos transparentes
Anvisa estuda regras para tornar informações sobre alimentos transparentes

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estuda regras para os fabricantes de alimentos integrais, deixando a escolha do consumidor mais fácil. Atualmente, não existe regulamentação sobre o assunto no país, embora as empresas ostentem expressões como "12 grãos", "multigrãos" e "grãos ancestrais" nas embalagens.

Na prática, um fabricante pode usar 1% de grãos com propriedades originais, outro usar 100%, e ambos usarem a palavra "integral", explica o presidente da Associação Brasileira de Nutrologia, Durval Ribas Filho.

O jeito é ler a lista de ingredientes com atenção, alerta a nutricionista do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) Laís Amaral. Se o primeiro item for farinha integral, é um bom sinal, porque ela sempre começa com aquilo que existe em maior quantidade.

Se for farinha refinada, alerta vermelho.

Uma pesquisa feita pelo Idec com 14 biscoitos classificados integrais nas embalagens constatou que apenas trêa continham farinha de trigo ou cereal integral como principal ingrediente; nenhum tinha alto teor de fibras.

Talvez também te interesse: