Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

SP, RJ e BH estão insatisfeitos com lotação e condições dos ônibus

Dados foram coletados por meio do MoveCidade, aplicativo do Idec de avaliação de transporte público

Compartilhar

separador

Atualizado: 

14/06/2018

Lotação e limpeza são os quesitos que deixaram os passageiros de ônibus de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte mais insatisfeitos no último semestre. Esses são os resultados das avaliações no aplicativo MoveCidade, dispositivo de qualificação do transporte público criado pelo Idec em 2016, e disponíveis nessas capitais.

Entre 25 de setembro de 2017 e 24 de março deste ano, o app recebeu cerca de 1.837 contribuições referente aos ônibus municipais, sendo 203 avaliações de usuários paulistanos, 1.295 de cariocas e 339 de belo-horizontinos.

De acordo com os dados coletados, numa escala de 0 a 10, os passageiros das três capitais deram, em média, 3,8 pontos para lotação, e 3,9 para limpeza e manutenção. Aspectos como motorista, fluidez no trânsito e segurança tiveram uma média maior.
 
Confira abaixo as notas de cada cidade.
 

Dados das avaliações de SP

Dados das avaliações do Rio de Janeiro

Dados das avaliações de Belo Horizonte


Sem informação e sem acessibilidade 

Os usuários também criticaram aspectos como falta de informação nos pontos e terminais, de acessibilidade para pessoas com deficiência, que receberam nota média 2,2 e 1,8 respectivamente.

Outro ponto crítico é o tempo de espera pelos ônibus. Nos três municípios, mais de 70% dos avaliadores indicaram aguardar mais de 15 minutos nos pontos.

Além de divulgar os dados dos seis meses analisados pelo aplicativo, o Instituto enviou os resultados às respectivas secretarias de transporte municipais e estaduais. Veja aqui os documentos encaminhados às autoridades das três capitais.
 
O aplicativo
 
O MoveCidade permite que usuários de transporte público avaliem pelo celular a qualidade de diversos quesitos dos ônibus, trens, metrôs e estações de bicicleta compartilhada, como limpeza; informações no interior dos veículos, pontos e plataformas; conduta do motorista; lotação; tempo de espera; infraestrutura de acessibilidade, etc.
 
Entre os diferenciais do app está sua utilidade para a geração de um banco de dados independente, produzido pela sociedade, e de informações consistentes para subsidiar análises qualitativas. As respostas são enviadas aos órgãos públicos a fim de melhorar o transporte.
 
O MoveCidade foi criado pelo Idec, em parceria com o ICS (Instituto Clima e Sociedade) e o Led (Laboratório de Experimentação Digital), e está disponível para download gratuito para celulares Android e iOS. Baixe e avalie o transporte de sua cidade.

LEIA TAMBÉM

Quem cuida do quê na mobilidade urbana?

Conheça os direitos dos usuários de ônibus